Quais animais posso encontrar no mar de Noronha?

Fernando de Noronha é um tesouro em meio ao Oceano Atlântico onde podemos encontrar diversas espécies de animais, graças a alta preservação da ilha e os projetos que cuidam da saúde e reprodução desses animais.

O Arquipélago de Fernando de Noronha, distrito do Estado de Pernambuco, foi declarado Parque Nacional em 1988 e, em 2001, reconhecido pela Unesco como Patrimônio Natural Mundial. Esse título está relacionado também à importância do arquipélago para a vida marinha, pois suas águas cristalinas garantem a reprodução e a alimentação de espécies como: atum, tubarões, tartarugas, raias, golfinhos, entre outros animais marinhos.

Além disso, Noronha também abriga a maior concentração de aves tropicais marinhas do Oceano Atlântico.
Explicamos tudo sobre como encontrar os animais no mar de Noronha, levando em consideração as regras e a segurança. Continue lendo!

Noronha: um oásis de animais marinhos

Você sabia que Fernando de Noronha é formado pelo topo das montanhas de uma cordilheira vulcânica? Além disso, tem sua base a cerca de quatro mil metros de profundidade, ocupa área de aproximadamente 26 quilômetros quadrados, com 21 ilhas, rochedos e ilhotas. Ou seja, o arquipélago funciona como um oásis aos animais marinhos, em meio ao Oceano Atlântico. É a parada obrigatória para alimentação e descanso de muitas espécies de peixes e mamíferos migratórios, como a baleia Jubarte, por exemplo.

Em Noronha, é possível encontrar diversas tartarugas, tubarões, raias, golfinhos-rotadores, variadas e exóticas espécies de peixes, esponjas, algas, moluscos e corais. Além disso, a ilha também abriga as maiores colônias reprodutivas de aves marinhas.

É possível interagir com os animais no mar de Noronha?

Em relação ao contato propriamente dito com os animais, é possível observá-los durante os passeios dentro e fora da água. Com o acompanhamento de um guia credenciado, o visitante pode ver de perto diversas espécies de acordo com as condições do mar, além de registrar esse momento incrível para o resto da vida. Mas, lembre-se: é proibido tocar ou perseguir qualquer tipo de animal.

Algumas outras regras de comportamentos que devem ser respeitadas pelos viajantes são:

Não tocar, perseguir ou dar comida aos animais;
-Subir nas ilhotas ou rochedos;
-Acampar ou coletar qualquer material (sementes, pedras, conchas, etc);
-Mergulhar sem orientação de empresa credenciada.

As taxas que contribuem para a preservação ambiental da ilha

Outra questão importante a ser abordada são as taxas de preservação da ilha. Em Noronha, existe o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Parnamar), criado por um decreto federal em 1988, com o objetivo de proteger as espécies marinhas e terrestres do arquipélago, colaborando também para a educação ambiental e a pesquisa biológica.

Para quem não sabe, há uma taxa desse parque cobrada para quem deseja visitar as praias e trilhas dentro da sua extensão. Também existe uma taxa de preservação (TPA), que todos devem pagar ao entrar na ilha, para apoio à infraestrutura.

A riqueza ambiental fortemente preservada de Fernando de Noronha fez com que o destino garantisse, de forma internacional, um selo de qualidade ambiental. Este fator contribui para a manutenção da responsabilidade e do compromisso, tanto de visitantes como de moradores, em se esforçar para proteger o arquipélago.

Além disso, no final de 2018, um decreto estabeleceu a proibição da entrada, comercialização e uso de recipientes e embalagens de plástico, ou mesmo os seus similares, no Distrito Estadual de Fernando de Noronha.
A regra inclui garrafas plásticas, copos, canudos e, até, sacolas plásticas descartáveis, aquelas distribuídas em supermercados. Também foram proibidas as embalagens e os recipientes de isopor e outros produtos compostos por polietilenos, polipropilenos e similares.

Como conseguir ver os animais em segurança?

Como falamos anteriormente, em Noronha existem diversas regras para garantir a preservação ambiental e continuar sendo um destino paradisíaco e repleto de vida. E são esses cuidados que possibilitam aproveitar os animais no mar de Noronha de forma privilegiada.

1) Passeio de barco

O nosso passeio de barco, por exemplo, é um atrativo perfeito para quem deseja conhecer os famosos golfinhos-rotadores da ilha. Eles acompanham o barco durante uma parte do trajeto, possibilitando que os visitantes registrem o momento e se emocionem com uma das cenas mais famosas do arquipélago. Confira mais detalhes desse passeio:

2) Mergulho Cilindro

Uma das melhores oportunidades para você conferir os encantos do fundo do mar de Noronha, repleto de vida marinha, além de estar acompanhado por um instrutor.

3) Entardecer (pranchinha)

Outra forma de encontrar os animais no mar de Fernando de Noronha é através dos mergulhos livres ou mergulhos com snorkel, durante alguns passeios, como o Entardecer, que oferece uma pranchinha subaquática.

4) Ilhatour

E no Ilhatour, que inclui mergulhos guiados para observação da vidas marinha. É possível ver de perto tartarugas, raias, tubarões e peixes
coloridos debaixo d’água, numa aventura deliciosa.

Já nas trilhas, podemos observar de perto a variedade de aves, pois o Arquipélago é considerado área de extrema importância biológica para a conservação de aves costeiras e marinhas, tendo em vista que representa local de pouso, alimentação e reprodução para diversas espécies de aves migratórias.

Programe-se e venha ver todos os encantos de Noronha de perto!

Não perca mais tempo e comece a planejar a sua viagem inesquecível para Noronha. Uma dica muito importante que damos a você é garantir o acompanhamento dos nossos guias credenciados, para ser direcionado da melhor forma em todos os pontos turísticos e passeios, além de evitar passar por perrengues na ilha.

Basta acessar o nosso site e escolher os melhores passeios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *